Geração “Y”

Geração “Y”: o que querem e como lidar com eles?

Desafios, vida profissional condizente aos valores pessoais, ascensão acelerada, uso e adaptação às ferramentas tecnológicas são aspirações, habilidades e características bastante conhecidas do perfil geração Y.

O progresso desses profissionais é embasado no aprender a fazer coisas novas, aproveitando as ferramentas que as empresas disponibilizam. Em muitos casos, uma jornada flexível pode gerar mais motivação que o dinheiro, uma vez que os jovens não separam o que fazem no trabalho do que vivem fora dele. Tudo acontece em tempo integral.

Essa ‘não preocupação’ com horários faz com que eles se recusem a bater ponto na entrada e na saída, porque podem trabalhar o tempo todo. Julgam, também, com maior relevância, o impacto positivo de produtos e serviços na comunidade ou na sociedade. Preferem servir a marcas que fazem o bem e sempre escolherão, entre duas oportunidades de trabalho, a que prontificar esse compromisso.

Se hoje tudo pode ser feito a partir de um celular, laptop, iphone, ipad e redes sociais, o trabalho, que antes era obrigação e dever, vira compromisso desafiador, desde que não interfira na qualidade de vida. E esperam da empresa reconhecimento e confiança.

 

 

Cintia Perez, superintendente de RH da Ideal Invest

Inovação, redes sociais e retenção de talentos foram alguns dos temas tratados no Eixo Jovens Profissionais de RH no Conarh 2011. Confira a opinião de jovens analistas que estiveram presentes no CONARH ABRH 2011 – 37º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s